Free cash Flow

 

FCF

De Thinkfn

(Redireccionado de Free cash flow)

Free cash flow (FCF, Fluxo de caixa livre) é o cash flow disponível para ser distribuído entre todos os detentores de fontes de financiamento da empresa (accionistas, accionistas preferenciais, obrigaccionistas, credores bancários, credores comerciais, etc).

Ou seja, o FCF é o dinheiro disponível para remunerar quem financia a empresa, após estarem pagos todos os custos operacionais, eventuais variações de fundo de maneio, impostos, etc.

Tabela de conteúdo

[esconder]

Cálculo

FCF alavancado

FCF =
Resultado líquido
+ Amortizações
- Variações de fundo de maneio
- Capex

O cash flow assim definido é afectado pelo nível de endividamento da entidade (pois os custos de financiamento do dito diminuem o resultado líquido). Também é afectado pela fiscalidade, o que poderia ser optimizado precisamente variando o nível de endividamento (visto que os custos de financiamento são aceites fiscalmente).

FCF não alavancado

Para eliminar os efeitos do nível de endividamento da empresa e da fiscalidade, também se calcula um FCF não alavancado, da seguinte forma:

FCF =
EBITDA
- Variações de fundo de maneio
- Capex

Interpretação

O Free cash flow mede a facilidade com que um negócio gera capital que pode ser usado para crescer o negócio ou remunerar as suas fontes de financiamento. É a forma de cash flow que melhor traduz a capacidade de um negócio gerar dinheiro que lhe aumente o valor. Pode inclusive acontecer que negócios aparentemente muito lucrativos não gerem FCF, por via de necessidades contínuas ao nível de fundo de maneio ou capex, nesse caso observar o FCF mostrará que o negócio é bem menos valioso do que parece.

Segundo o modelo de avaliação DCF (discounted cash flow), o valor intrínseco de uma companhia é o valor presente de todos os free cash flows futuros.

O FCF pode ser usado em vários rácios (EV/FCF, P/FCF, etc) por forma a estabelecer uma valorização absoluta ou relativa para o negócio que estamos a observar.

Problemas

O principal problema prende-se com a irregularidade de variáveis como a variação do fundo de maneio ou o capex, sendo difícil para um investidor interno ou externo modelizar de forma regular estas variáveis. A isto soma-se a natural dificuldade de projectar o negócio e margens da maior parte das actividades, de forma fiável.

Ver também

Referências

  • Brealey, Richard A.; Myers, Stewart C.; Allen, Franklin (2005). Principles of Corporate Finance, 8th edition, Boston: McGraw-Hill/Irwin. ISBN 0072957239.


 

Links relevantes